Páginas

sábado, dezembro 31, 2011

Matem o 2011, que renasça o 2012



Matar para Renascer

Somos craques nisso...
Não precisa ser nenhum profeta, pai de santo ou adivinho pra saber que o mundo vai se acabar um dia, isso é fato, os cientistas já estudam isso a muitos anos e conseguem prever uma data estimada para os últimos dias da Terra, porém, é também conhecedor de todos nós, que a humanidade se extinguirá muito antes disso, pra isso contamos com a nossa ajudinha, com:

As inúmeras catástrofes provenientes do aquecimento global. Gerado por nós;

As doenças advindas das mutações virais, criadas pelo próprio homem;

Da crescente violência urbana;

Da fome, gerada pelo desenfreado e desorganizado controle de natalidade;

Da consciente contaminação de rios, córregos, afluentes e nascentes de águas potáveis;

Da insana, irracional e lucrativa Guerra;

E do pior dos males já criados pelo ser humano, o egoísta “imediatístico” vício corrúpto-capitalista;







O fim da humanidade se dará pela própria desumanidade.



Como nem tudo é perfeito, conseguimos dia-após-dia minar até mesmo a mais insana das intenções de nosso próprio extermínio, com o nascer de um novo dia, realimentando a esperança por uma mudança, a fé de alguns poucos por dias melhores, a fome de um viver, mesmo nos matando aos poucos, isso é o que há de pior, o ser humano é masoquista, paga em longas prestações a sua inevitável morte...

Mas, como estamos encerrando este que já está falecendo, para darmos viva ao novo que nasce, com muita esperança, felicidade, saúde, paz, crescimento, fraternidade...

Utopicamente, até pormos tudo a perder novamente...

Destruindo e Reconstruindo


Findo-me

 

sábado, dezembro 17, 2011

Uma bomba pro Velho Noel!!!



Eu te perdoo Velho Noel, pelos caros e belos presentes que nunca chegaram nas casas dos pobres meninos e meninas de rua...

Agora entendi porque o senhor só entra por chaminés, aqui, isso só existe em casa de rico...
Também entendi porque o senhor só deposita os maravilhosos presentes em baixo de frondosas e belas arvores de natal, também são caras pra "karalho"...

Não entendi até hoje porque o senhor usa uma roupa tão pesada e tão fechada, aqui senhor Noel é quente pra porra, pra que tanta roupa assim? É verão senil senhor!!!

E nem sei que bichos chifrudos são esses que puxam sua carroça, que teimas em chamar de trenó... E como é que ela anda sem rodas?

Hoje não me enganas mais velho malandro!!! Agora sei quem és!!!

Certa vez tocaie o senhor na Noite de Natal, vi que estavas com um saco nas costas, mas não vestias vermelho, nem de toca estavas, ao invés disso usavas uma máscara preta que só os olhos de fora se via, ao contrário de trazer presentes, levaste o pouco que tínhamos em nossa casa, seu velho sacana! Só o reconheci quando ao entrar em seu carro, de placa NOEL-171, zombaste de nós com sua característica gargalhada: Ho! Ho! Ho! ... Velho FDP!!!


Gananciosos senhores do comércio, se era pra vender mais, porque então não criaram a Gostosa Noel, garanto que gastaria o ultimo centavo de minha mesada só pra sentar no colo dela, ganhar beijinhos e ainda apreciaria um sussurrado em meus ouvidinhos...



Tens ainda muito que aprender com o verdadeiro Senhor! Velho capitalista (EUA)!

É engraçado ver como tantas mídias dão ênfase ao “Capitalista sem História” criado pela ganancia do homem, levando ao principal personagem de data tão importante o ostracismo. Quando criança todos já viram e/ou ouviram falar desse que nos rodeia com presentes caros, mas pouco ou nunca se ouve-se falar mais daquele que um dia deu o que há de mais precioso para nós: bons ensinamentos, esse que um dia deu sua própria vida (que é o mais caro dos presentes) por nós, nunca deve ser comparado ao mais caro dos presentes do capitalismo moderno, por mais sólido que pareça ser um presente como esse, nunca durará mais que 5 ou 10 anos, ao contrário das boas ações ou uma palavras que eternizará em nossos corações.


Pense! Quando chegar tua hora, o que daqui irá levar?


Não troco meu Jesus por Personagem Americano algum!


Parabéns Meu Verdadeiro Senhor por seu nascimento!

Feliz Natal a todos!!!

Cada um celebra aquilo que gosta ou quer para si...
Não reclame de sua vida depois!


Findo-me
 

domingo, dezembro 11, 2011

Uma vela para os mortos-vívidos...



"Ah! Desgovernada rede social!"

Brada de seu adorado trono, o Supremo criador de tão míseros e ignorantes seres, ditos copiados em imagem e semelhança.

Fito em meus vagos e temerosos pensamentos a imaginária visão Deste, na observância ao formigueiro Anti-Humano.

Ah! Arrogantes míseros seres que somos. Ainda perdidos em sombrio imediatismo de insaciada fome Uni-Material, fatalmente atropelando a vital necessidade coletivista.

Teria ele pensado o quão distante ainda estamos de sua verdadeira obra? Dirigimos ao descaso a tão preciosa dádiva, recebida de honrosas mãos beijadas. Tal gratuidade superante a qualquer liberdade criada por ingratos seres.

Vagamos livres por tal arbítrio, irresponsavelmente, perdidamente, absurdamente... Ingratos.

Ah! Maldito trânsito desgovernado!

Ah! Malditos canibais “desgovernantes”!

Ah! Maldita Fome de sobreviver!

Ah! Maldita Guerra de irmãos armados!

Ah! Maldito desmatamento! Porque não cortão o oxigênio de uma vez?

Ah! Maldito vício do erário, sempre insuficiente!

Ah! Tímida humanidade dormente!

Ah! Inexistente Verdade Absoluta!

Há crentes e descrentes...

Ah! Hibernação que não finda!

Despertaremos ainda hoje, ante o último suspiro?

Espero...

Espero!

Espero?

Acordem-nos, por favor!










Findo-me