Páginas

sábado, agosto 06, 2011

1945 - O Cogumelo e as vidas que finda.


Escute...
Sinta...
Veja...
Chore se não evitar...
Mas, nunca se curve e ignore...




Flores para um defunto
... 66 ...
Lágrimas derramadas ano após ano



É muito difícil apontar um criminoso, ainda mais se ele é um poderoso... Sabemos seu nome "Little Boy", assassino em massa.



Travestido de ovelha este lobo (mau) vem aos poucos, brandamente, levemente, muito pouco mesmo, livrando suas dívidas com a humanidade com um sorriso amarelo, inversamente a sua financeira dúvida. Calote??? Não!!! Se sou eu o dono do mundo, a quem eu devo? Se não, a mim mesmo. Então, dívida paga.

Se um tirano apropriar de uma frase, esta seria: “Se não é por mim, já se foi... E quem seria contra mim? ”

Hoje, nem todos os seus “temerantes” súditos devedores, curvam-se a sua empáfia presença, vejo em meio a multidão bandeiras revoltosas arqueadas, cansadas de serem humilhadas. Os escravos, agora plurirraciais, erguem-se contra essa máquina capitalista destruidora.

Assim como o NaziPorco pagou por suas atrocidades, espero um dia que a Rosa de Hiroshima tenha seu vingador vitorioso e seu algoz sofrendo pelo mal que fez...

Uma lembrança duradoura de quem sofre até hoje...











Triste e em silêncio... Findo-me!