Páginas

sexta-feira, julho 22, 2011

? O Cubo !


Eis quem sou!

Deito-me tornando infinito, como infinita são minhas combinações, percebo que quando me olhas, vê que sou perfeito, precisamente, exato em qualquer dos quatro lados de minha forma, sabes o que sou. Não me circunde, pois, entrarás em um loop eterno... Sempre me verás três vezes por dia, nunca na semana.

Entre mim e nada, sete já passaram...